domingo, 13 de fevereiro de 2011

FLORES














Era preciso agradecer às flores
Terem guardado em si,
Límpida e pura,
Aquela promessa antiga
Duma manhã futura.

Sophia de Mello Breyner

1 comentário:

Desbúruru disse...

A única promessa realmente verdadeira,
que o homem faz para sí mesmo,
é a de que no dia seguinte,
ele estará novamente rezando,
a quem quer que seja,
que no outro dia ele precisa,
no outro dia estar alí,
para realizar o mesmo,
que tenta fazer todos os dias.

As flores não precisam de orações.
Elas são as próprias orações.